Composições de Siege

Olá, Invocador, eu sou o Heye, sou Coach de League of Legends e hoje nós vamos falar de Siege.

Ou, composições de cerco, como preferir.

Este é o nosso primeiro post da série sobre Estratégias, mas todo sábado vamos ter novas estratégias saindo aqui, então fica ligado para não perder nada!

Bom, vamos lá!

O que é Siege?

Apesar de siege ser uma das composições mais famosas e uma das mais comuns também, muita gente estranha o nome. Siege nada mais é do que cerco. Uma composição para cercar um objetivo e executá-lo sem lutar para isso.

Ah, mas não confunda com composições de Poke. São parecidas, mas elas tem as suas diferenças. Vamos falar mais disso.

Siege vs. Poke

Tanto composições de Siege quanto composições de Poke tem como função cercar um objetivo e executá-lo sem lutas. Mas, as duas tem suas diferenças.

Composições de Siege são focadas em gerar uma área de perigo para o oponente e, aos poucos ou rapidamente, dependendo da composição, levar o objetivo. Ou seja, Jarvan, Azir, Orianna, Caitlyn, Tristana, Zyra, Ziggs, são ótimos campeões para Siege. Você evita a aproximação do oponente e leva o objetivo.

Composições de Poke, por outro lado, não estão tão interessadas em levar o objetivo rapidamente. Elas vão focar em campeões que causem boas quantidades de dano a distância. A ideia é deixar o adversário com tão pouca vida que fica impossível lutar. Ou seja, Ezreal, Karma, Jayce, Xerath, Jhin, Lux, Nidalee, Varus são ótimos para composições de Poke.

Uma coisa que as duas composições tem em comum é que ambas vão querer escolher as lutas. Portanto, sempre vai ser necessário algum tipo de desengage, então vai ser comum vermos Sona, Karma, Lulu, Zyra, Tahm Kench fazendo parte dessas composições.

No entanto, uma grande diferença é que composições de Siege vão estar muito mais preocupadas com o Clear Wave, porque precisam trabalhar com pressão de mapa. Então, em composições de Siege vamos ver heróis como Orianna, Viktor, Gangplank, Gálio, Caitlyn e Tristana.

Então, para não restar dúvidas:

Siege

  • Cria zonas de perigo
  • Causa dano aos objetivos
  • Quer levar o objetivo o mais rápido possível
  • Precisa de Clear Wave
  • Precisa de Campeões com dano a estruturas alto e de longa distância
  • Precisa de Desengage

 

Poke

  • Não cria zonas de perigo
  • Precisa de dano a campeões a longa distância
  • Quer deixar o inimigo incapaz de lutar
  • Não precisa de tanto Clear Wave
  • Precisa de Desengage

 

Draft

O Draft de uma composição de Siege se baseia em conseguir campeões com facilidade para levar estruturas, um bom desengage, clear wave e zoning. E, em tirar as 3 coisas que quebram a composição. Um poke muito forte, Hard Engage e Clear Wave.

Se você tirar as 3 coisas, se torna praticamente impossível jogar contra uma composição de Siege bem executada, forçando o inimigo a jogar no 1x3x1. No entanto, isso é muito improvável e, se não for por questões de estratégia, só acontece com erros grotescos.

O Draft vai contemplar necessidades diferentes conforme o meta for mudando, mas hoje podemos seguir alguns padrões. Temos dois suportes fortes no meta que combam muito bem com os dois ADCs que estão fortes para Siege. Lulu e Karma + Cait e Tristana.

No top nós temos Jarvan IV, Gálio, Rumble, Renekton, que são campeões com bom crescimento e vão executar bem a função. Destaque para o J4 que ainda conta com o Buff do estandarte.

Para a Jungle temos boas opções em Gragas, Lee Sin e Ivern. A Margarida é muito útil. Já o Gragas e o Lee contam com bom desengage, sendo o Lee um campeão muito versátil.

Por fim, no mid, Syndra e Orianna vão ser as opções mais visadas para este tipo de composição. Mas, existem ainda Cassiopeia e Viktor que podem entrar bem.

Bom, esses são os campeões em alta, mas como talvez não consigamos usar um dos suportes que queremos, Tahm Kench entra como boa opção no bot.

É essencial retirar Hard Engages, como Zac e quem sabe um Rakan e Xayah. E, no top vamos evitar jogar contra um Kled ou Gálio, por exemplo.

Por fim, é muito improvável que consigamos retirar o Clear Wave do oponente, mas precisamos tentar tirar o Jayce. Jayce tem um poke forte e um bom Engage com o Portal acelerador, então ele é um problema.

Bom, eu não tenho como explicar detalhadamente o Draft porque é MUITO relativo e vai depender do meta e do plano de jogo. No entanto, essas são algumas referências que você pode levar em consideração na hora de fazer os picks.

Faça um planejamento do Draft antes do jogo começar para ter noção do que pode acontecer. Assim, vai ter um jogo mais seguro.

Como executar um Siege

Dentre todos os tipos de composições, essa é uma das mais simples, porque não tem muito segredo. Com algum tempo de treino, é fácil ficar bom em Siege.

A composição se baseia em levar os objetivos sem lutar e de preferência, o mais rápido possível. Assim, precisamos do ADC forte. Portanto, essas composições crescem mais conforme o jogo se estende, mas, de preferência sem chegar ao late game. No mid game deve-se criar o máximo de vantagem possível, e, se for viável, acabar com o jogo.

No entanto, não é preciso chegar ao Mid Game para começar a criar essa vantagem. Em bot lanes como Caitlyn e Lulu, pode-se por muita pressão de rota e forçar torres assim. Sempre rotacionando a bot lane para onde está o objetivo.

Entrando em ação

Para fazer o Siege funcionar, precisamos colocar pressão sem gerar lutas. E, para gerar pressão sem lutas, temos que aprender a controlar waves. O Siege vai funcionar bem quando soubermos stackar as waves.

O ideal é criar uma wave grande com pelo menos um canhão para chegar até a torre. Neste momento a composição entra em ação. Os tanks devem fazer a Front Line e criar uma linha de segurança para a Back Line chegar até a torre. Para dar proteção aos tanks, os heróis como Orianna, Azir e etc, devem se posicionar de modo que se houver alguma ofensiva, eles consigam devolver o dano rapidamente, criando assim uma área de perigo muito grande.

Enquanto tudo isso estiver acontecendo o Adc deve tentar se posicionar longe do perigo e focar a torre com tudo que tiver. Isso pode ser apenas um ou dois Hits, mas é importante que sempre haja algum foco.

Depois de algumas waves a torre vai estar no chão e assim pode-se ir para outro objetivo.

Também mantenha-se atento para dar o desengage caso necessário. O adc acaba se expondo um pouco ao focar a torre, e ele não pode morrer. Então, é preciso que o time esteja atento para evitar avanços rápidos e pick offs.

É importante prestar atenção nas possibilidades de rotação. Deixar as lanes laterais em slow push e fazer rotações rápidas, pode garantir objetivos fáceis.

Por fim, existem determinadas habilidades úteis para criar zonas inacessíveis, como Equalizador, parede da Taliyah, bola da Orianna, Campo Gravítico do Viktor, entre outras. Essas habilidades podem ser usadas para dar tempo de levar a torre. Use-as com sabedoria, uma Tristana tira 80% da vida da torre nesse tempo.

Bom, isso conclui a execução, vamos para o próximo.

Cuidados a se tomar

Existem alguns cuidados que precisamos tomar quando jogamos composições de Siege.

Um bom cerco precisa de wards nos flancos para não termos surpresas desagradáveis. Sem essa visão, podemos receber engages que quebrariam a composição.

Também é necessário que os tankers cresçam o suficiente para fazer a front line. Se eles morrerem muito rápido, a composição não vai funcionar.

Quando está no começo do jogo e é posta pressão com a bot lane para levar as torres, o Jungle precisa dar cover a todo momento, porque a bot lane vai ficar muito avançada. Portanto, é necessário garantir visão avançada e estar preparado para ofensivas do inimigo, isto é, para rotacionar com o mid e usar o TP do top caso necessário.

E, como eu já disse algumas vezes, cuidado com campeões de Hard Engage e com Pokes muito forte.

Conclusão

Composições de Siege são muito fortes e fáceis de executar, são uma boa saída para equipes iniciantes que estão tentando se aprimorar. Mas, isso não quer dizer que não sejam usadas em alto nível. Qualquer equipe pode utilizar composições de cerco.

Todavia, fique atento. Não é porque você quer montar uma composição de cerco que precisa esquecer todo o resto. Sua intenção pode ser jogar em volta de uma Caitlyn, mas é importante balancear o resto do jogo para não perder contra uma Fiora no Split ou um assassino que vá fazer pick offs.

Saiba balancear o jogo. As melhores composições vão ter uma proposta de jogo simples, mas também vão saber responder ao inimigo.

No mais, espero que este texto tenha ajudado a entender como funcionam composições de Siege. Qualquer dúvida ou sugestão, deixe nos comentários! Quero saber o que vocês estão achando.

Um abraço!

Heye

Guilheme “Heye” Thompson é coach há mais de 2 anos e já trabalhou em equipes de todos os níveis. Depois de dar uma pausa na carreira, criou o Escola de Invocadores, onde administra e cria conteúdo para jogadores que queiram melhorar no Summuner’s Rift.

5 thoughts on “Composições de Siege

    1. O J4 funciona bem para Siege porque ele tem o Buff do estandarte e ele cria uma zona de perigo muito grande, onde, se o inimigo entrar, pode ser muito punido.

      O combo dele tem longo alcance e muito dano.

      Abraço!

        1. A Elise é um assassino com um dano base alto, então ela vai se sair bem em composições de pick off.

          Já o Kassadin pode ser usado em diversas situações. Ele serve tanto para composições de Hard Engage quanto para Pick off ou composições de rotação rápida. Tudo vai depender da forma como você jogar com ele.

          A única coisa que ele realmente não sabe fazer é Siege ou Poke, o resto ele consegue rodar relativamente bem.

          É importante só deixar claro que a maioria das composições não tem só uma proposta, elas acabam sendo mais completas e complexas do que simplesmente Siege, Poke, Hard Engage, 1-3-1, etc.

          Mas o Kassa se sai bem pra muita coisa, ele só não aparece no competitivo com mais frequência porque é um pick arriscado pro começo de jogo.

          Espero ter ajudado!

          Abraço!

Comments are closed.