Quais os melhores campeões para subir de Elo?

Olá, Invocador, hoje nós vamos falar sobre como escolher os melhores campeões para subir de elo.

É sempre uma decisão difícil escolher aquele campeão que vai nos carregar para cima nos campos Justiça.

Jogadores me perguntam frequentemente se campeão x ou y é bom para subir de elo, e normalmente essa é uma resposta mais complicada do que “é” ou “não é”.

Hoje nós vamos entender quais conceitos estão por trás da decisão de usar determinado campeão e como o meta ou out meta influencia vão influenciar nisso.

Então, sem mais delongas, vamos lá.

Vale a pena usar campeões do Meta?

Para aqueles que estão começando no LoL, meta game é aquilo que está mais forte e popular no momento. Uma junção de força e popularidade, equilibrada por uma infinidade de fatores. Portanto, os campeões do meta são aqueles que estão mais fortes, despontando.

O meta, vai, com toda certeza, influenciar nas nossas escolhas de campeões, porque ele vai influenciar os picks adversários. Se um campeão que é counter do que pretendemos jogar fica muito forte e muito popular, se torna complicado manter o pick. No entanto, existem formas de se beneficiar disso.

Sempre me perguntam se vale a pena mudar os campeões que usamos para campeões do meta e como fazer essa adaptação.

Pois bem. Vale a pena usar campeões do meta, se esse campeão fizer parte da sua champion pool.

Vou dar um exemplo simples. Há alguns anos atrás eu só sabia jogar de Jarvan IV na jungle e era uma porta jogando de Rengar, mas o Rengar estava forte. Eu deveria trocar?

Definitivamente não. Minha winrate de Rengar era terrível, eu não sabia jogar com um jungle assassino.

No entanto, não podemos ignorar o meta.

Como o meta vai influenciar a decisão

Toda vez que o meta muda, nós precisamos tomar cuidado.

Eu sempre fui muito bom de Nidalee e era um ótimo mid com ela (antes do rework). Mas, eu sabia que não podia jogar determinadas Match Ups, mesmo tendo 68% de winrate com ela.

Winrate Nidalee
Minha taxa de vitórias com a Nidalee durante a 4ª temporada.

Todas as vezes que vamos jogar, devemos levar o meta em consideração para escolher nossas Match Ups.

Por exemplo, antigamente Zed era absurdo e o pick da Nidalee era inviável. Então, eu pegava uma Orianna e fechava Zhonya como primeiro item, depois controlava a lane até ser capaz de acabar com o jogo. Foi a forma que encontrei de jogar a Match Up dentro do que eu sabia.

O meta me influenciou e era um dos motivos pelo qual eu não pegava Nidalee no blind.

Outro ponto é que existem as curvas positivas e as curvas negativas.

Muitos jogadores que se consideravam main Azir tiveram que deixar o Imperador de Shurima de lado após sua queda. Foram nerfs consecutivos que acabaram com a popularidade do campeão.

De um dos campeões mais fortes da rota do meio o Azir definhou até se tornar tão relevante quanto um pombo, com 43% de winrate há meses.

Wirate Azir
Winrate do Azir no Patch 7.14

Mas então, vamos ao que interessa.

Como escolher quais campeões usar

Para escolher quais campeões usar, vamos precisar nos pautar em dois pontos. Risco e habilidade.

Risco

Nós vamos evitar o risco.

Devemos escolher campeões de baixo risco, sempre que possível. Não vale a pena escolhermos campeões que apresentam alto risco, ou seja, campeões que só funcionam em condições de vitória muito específicas. Fuja desses campeões.

Ao mesmo tempo que uma Vayne ou Kog’Maw podem carregar o jogo sozinho após os 40mins de jogo, eles também não fazem nada até lá. Existe um motivo pelo qual eles são considerados arriscados para jogos profissionais e esse motivo só se torna mais chamativo em partidas da soloQ.

Portanto, todo campeão que apresentar uma condição de vitória muito restrita, é ruim. Isto é, campeões de extremo late game, campeões que só conseguem rodar estando na frente, campeões que estão naturalmente fracos no meta.

Outro ponto é evitar campeões que sejam muito punidos por erros. E isso não está necessariamente ligado a condição de vitória. Por exemplo, um Bardo que sabe jogar muito bem, mas erra uma única ult e perde a partida sozinho nessa jogada.

Esses campeões devem ser postos de lado.

Exemplos: Aatrox, Azir, Akali, Bardo, Draven, Lee Sin, Mordekaiser, Nasus, Nunu, Singed, Yorick Twitch, Kog’Maw, (…).

Habilidade

É aqui que realmente fazemos a escolha.

A habilidade individual conta mais que o meta, que a role, que qualquer coisa. Se você é bom, faça.

Seus melhores campeões não são necessariamente campeões do meta ou campeões que pareçam core para determinada posição. É importante você saber reconhecer isso e encontrar aquilo que você consegue se destacar.

Dê uma olhada nos meus campeões mais jogados da Season 4, a temporada em que eu “subi de elo”.

Winrate-Geral
Winrate dos meus campeões mais jogados da 4ª Temporada

Nenhum deles se destacava na época. O que estava mais próximo disso, o Zed, era o que eu menos conseguia resultados, e que portanto parei de usar.

Subir de elo não é uma questão de usar o que está no meta, mas sim usar aquilo que você já sabe.

Mas, como fazer essa escolha?

Você vai precisar se basear em duas regras simples.

Winrate e KDA

  1. O winrate está bom? Se sim, então está dando resultado, continue.
  2. O winrate não está tão bom mas o KDA está? Se sim, falta pouco para acertar.

Antes de simplesmente decidir qual campeão vai utilizar, visite um site como op.gg e verifique seu winrate com os campeões que quer jogar. Se tiver algum abaixo de 50%, pense melhor a respeito.

Se estiver acima, é melhor se concentrar para masterizar o campeão, porque o resultado não está bom.

Depois basta fazer o acompanhamento para saber se o winrate positivo se mantém e como ele evolui. Acima de 55% está ótimo. Se passar dos 60% é um resultado espetacular.

Já o KDA é diferente. Quando o KDA está bom e não estamos vencendo, quer dizer que não estamos sabendo escolher prioridades com o campeão.

Para vencer de Zac precisamos de uma prioridade diferente da para vencer de Kha’Zix. Podemos ter KDA 2.5 com Zac e 4.5 com Kha’Zix, mas vencer 60% das partidas de Zac e 48% das de Kha’Zix.

Não porque matar seja errado ou o KDA esteja ligado a isso, mas porque ter um KDA bom não significa encontrar a condição de vitória do campeão.

De Zac você vai precisar saber focar em Team Fights, e aí é mais fácil vencer com uma boa ult para partir para um objetivo, enquanto o Kha’Zix vai precisar aproveitar brechas e dar pick offs para depois aproveitar essa vantagem. São formas diferentes de jogar.

Se a sua winrate estiver baixa e o KDA alto, procure um jogador profissional que seja bom com seu campeão e assista partidas dele. Tente entender as diferenças entre o método de jogo dele e o seu. Analise e aplique. Sua winrate deve melhorar.

Eu não tive nenhum jogo de Ziggs na Season 3, mas me inspirei no estilo de jogo do Suno, ex mid da Keyd. A conclusão foi essa que você viu acima. 67% de winrate com o campeão durante a Season 4.

Portanto, não fique preso sem saber o que fazer. Jogadores profissionais desenvolvem estilos de jogo específicos que podem te ser muito útil na hora de aprender um novo campeão.

Aconselho assistir ao KR Replays, um canal com replays de partidas de jogadores coreanos. Basta entrar e procurar um do seu campeão e analisar.

Mas e o meta que você tanto falou?

O meta entra no conceito que eu explico em “Como aumentar a sua Champion Pool”. Você não pode ter apenas um campeão para cada posição, deve ter pelo menos 3.

Eu tinha 3 campeões selecionados para jogar em cada posição que entravam em campo quando necessário. Não usava Nidalee contra Zed, usava Orianna, contra Azir usava Ziggs e assim por diante.

Como podem ver, Nidalee era usada como Poke e assassina e quando eu precisa de controle da Lane eu usava o Ziggs. Quando era contra um assassino, eu trocava para a Orianna por ser um Pick mais seguro.

Foi assim que eu consegui equilibrar meus jogos.

PS: Eu era mid laner, a Jinx aparece como campeão mais jogado porque não havia escolha, nós tínhamos que usar a ordem de pick ou pedir e era muito difícil ela não estar aberta quando eu caía adc.

Conclusão

A aplicação de toda essa teoria na prática exige muito foco. É difícil encontrar um campeão e manter um bom rendimento com ele se não estiver 100% focado em treinar.

Nessa época, apesar de parecer pouco, eu joguei cerca de 5 ~ 6 partidas por dia, que deu esse resultado.

Meus jogadores são aconselhados a jogar pelo menos 5 partidas por dia para manter o ritmo de jogo. Além disso, quanto mais eles jogam antes de entrar em exaustão, melhor.

O foco sempre em melhorar permite masterizar os campeões e aumentar a taxa de winrate. Já tive jogadores com winrates acima de 75% em mais de 20 jogos com o campeão e eu mesmo já cheguei a esse ponto.

Meu winrate de Nami durante a 5ª Temporada

É necessário apenas foco no objetivo. Se você se concentrar em uma coisa de cada vez, vai chegar lá.

Bom, Invocador, chegamos ao final, espero que tenha gostado e, se quer ainda mais uma ajuda para melhorar sua escolha de campeões, aconselho ser o meu texto sobre Como aumentar a sua Champion Pool.

No mais, espero que você tenha gostado e espero ter ajudado!

Um abraço!

Heye

Guilheme “Heye” Thompson é coach há mais de 2 anos e já trabalhou em equipes de todos os níveis. Depois de dar uma pausa na carreira, criou o Escola de Invocadores, onde administra e cria conteúdo para jogadores que queiram melhorar no Summuner’s Rift.

19 thoughts on “Quais os melhores campeões para subir de Elo?

  1. Venho acompanhando seu site faz bastante tempo, e eu estou melhorando muito desde que comecei a ver suas dicas, fui do platina 4 para o platina 2, e gostaria de saber se você faz coach “particular”.

    1. Cara, que legal, fico realmente feliz em saber que pude te ajudar, isso é o que movimenta o meu trabalho diariamente aqui no site. Muito obrigado por compartilhar.

      Sobre o Coach particular, várias pessoas vem me perguntando isso, mas a resposta ainda é não. Eu não tenho tido tempo porque estou com vários projetos para por em prática no Escola de Invocadores. Mas, tem algo bem legal vindo aí, eu só não posso dizer ainda o que. Dentro de alguns dias já devemos ter alguma notícia no site, então se esse é realmente o seu foco, é só ficar de olho.

      Bom, fico mesmo muito feliz de estar ajudando e me desculpe por não poder dar o Coach, mas nesse caso, só fica de olho que você deve gostar do que vem por aí.

      Abraço!

  2. Meu Kassadin corre esse “Risco” já que parece que só do dano ao fechar 2 ou 3 itens, e normalmente no low elo, eles lutam perdem e querem continuar lutando, ai acabo me afundando, só quando consigo um Early Game Ótimo que Consigo destruir o jogo, de 5 Partidas que eu jogo, 2 ou 1 vão pro late game, o resto ou o time desiste ou não consegue segurar o jogo, visto que não tem alguém pra limpar a wave, e uma pergunta, Qual campeão seria melhor contra pra mim pickar kassadin ?

    1. Então, cara, o Kassadin é muito bom contra campeões que não controlam bem a wave, campeões que precisam manter a distância e trabalhar no poke. Ah, sempre de dano mágico.

      Por exemplo: Lux – Controla bem a wave, mas se o Kassa der all in ela morre.
      TF – Controla bem a wave (melhor que o Kassa), mas se o Kassa der all In ele morre.
      Veigar – Idem
      Katarina – Não controla a wave e perde a troca.
      Ziggs – Perde no all in

      Assim vai. Só precisa tomar cuidado com grande controladores da wave, porque eles podem te pressionar e pra pegar vantagem você vai precisar gankar as rotas laterais com ele.

      Acho que é isso!

      Abraço!

      1. Com a Lux e veigar até Syndra é bem de boa, só que é aquilo, syndra consegue stunar até 4 do time se usar bem seu E, o early eu posso até ganhar mais na tf o resultado pode ser bem diferente, e mais uma pergunta, na tf, de Kassadin eu foco o adc ou o mid ? (se for um mage claro)

        1. É complicado dizer isso. Normalmente é melhor focar o ADC, mas isso não vai ser verdade sempre. Você precisa focar quem está mal posicionado, sem peel.

          Entrar no adc vai ser bom, mas nem sempre ele vai ser o melhor alvo, e nem sempre ele vai ser o foco também. Se o ADC estiver fraco, mas o Graves jungle estiver absurdo, talvez ele deva ser o foco.

          É uma pergunta difícil, porque a resposta depende de muitos fatores. Mas é uma boa ideia falar disso, vou preparar um post sobre Team Fights.

          Não sei se consegui te ajudar, mas a ideia é essa.

          Abraço!

          1. Entendi, Obrigado, é que late game qualquer um papel que eu pulo morre em um combo ou dois.
            Vlw por Estar ajudando 🙂

  3. Adorei a postagem. Eu recentemente troquei minha principal posição pra ADC porque minha taxa de vitórias é maior, e quando caio na selva, uso minha amada Evelynn, e tenho conseguido ótimos resultados desde então.

    Meu win rate com a própria Evelynn e com Miss Fortune ainda estão em baixa, mas estão evoluindo e crescendo. O KDA com MF já ficou positivo, e o Win Rate está perto dos 50%.

    Como estou menos na selva, Eve vai demorar um pouco mais. Em compensação, minhas habilidades com ela cresceram demais.

    Os win rates das duas estão negativos porque eu estava retornando ao jogo, então tinha que desenferrujar. Já disse isso em outros comentários.

    Sivir e Ashe estão com win rates acima dos 60%, e também estou muito fluido com as duas. Só que o KDA de ambas está ruim, mas é só reduzir o número de mortes de ambas que a situação vai melhorar.

    Abandonei minha Elise, porque não tenho tempo pra ter mecânica com ela. Eu sou muito ocupado, então jogo duas vezes por dia. Win Rate horrível.

    Eu consegui 55% de Win Rate com Evelynn na temporada passada, em 219 partidas. Por isso eu sei que eu sou capaz de voltá-la a ficar verde. Em KDA também.3.63. É um processo.

    1. Muito bom, se você se mantiver focado e jogando todos os dias, certamente vai colocá-los no topo de novo. É aqui, tem que ter foco, mas você já está no caminho certo.

      Sobre o KDA baixo, se estiver conseguindo fazer a sua parte, vencer é o importante. Morrer não é bom, mas se estiver conseguindo executar o que precisa, é só questão de tomar um pouco mais de cuidado hehe.

      Continue assim!

      Abraço!

    1. Então, eu não acompanho o conteúdo dele, então não sei dizer se é de qualidade, mas ele já está aí a bastante tempo, então acredito que tenha coisas para se aproveitar sim, vale a pena conferir.

      Espero ter ajudado!

      Abraço!

  4. Bom, sou Mid também e tenho algumas duvidas.

    Tenho uma Poll com alguns campeões, não é grande coisa até o momento, e estou em busca de novos campeões para completar meu leque(mas sempre corro do meta, gosto de jogar com champs “desconhecidos”, nos quais a galera não tem muita experiencia contra), enfim:
    1 – Anivia é um pick mais safe pra mim, por exemplo. Sei que em TFs ela é muito boa, em peel também, porem não gosto de lutar, não gosto de TFs, gosto de focar objetivos, foco em roaming (mesmo sendo um champ lento), foco em levar objetivos, e isso tem me rendido uma taxa alta de win rate: Em 187 jogos, tenho 61% de win rate, ou seja, tenho 118 vitorias. Devo continuar com minha estrategia? Notei que ao tentar ajudar TFs, não estou sendo tão eficiente quanto quando eu foco em levar objetivos. E com ela eu consigo ganhar de qualquer campeão em lane, seja ahri, fizz, zed e yasuo principalmente.
    2 – Gostaria de saber se é necessário eu ter duas lanes, encanaram que eu devo aprender jogar em duas lanes em um time que entrei, não sou muito adepto da ideia, já que gosto de estudar os campeões e creio que vou ficar 50% em cada lane enquanto posso ser 100% focado em uma.
    3 – Gostaria de saber quando vou saber que estou pronto com um campeão, tipo, sei quando dominei suas mecânicas, mas não sei ainda quantos jogos em media preciso ter pra saber que estou bem um determinado campeão. Por exemplo, observei que tem uns 30 jogos no máximo com champ. Gostaria de saber se esse é o numero ideal pra determinar seu win rate. Mas acho que to viajando.

    1. E observando a pergunta sobre o kassadin abaixo, lembrei, tenho basicamente aquela duvida, quando devo usar anivia, e quando não devo?
      Mas tenho problema nessa questão é que ela é um pick muito safe pra mim, que é sempre garantia de ganho de fase de rotas.

      1. Vamos lá, vou responder 1 por 1.

        1º – Você não precisa mudar de estratégia, mas tem sempre que se aprimorar. Cada jogador tem um modo de jogo diferente e isso não é um problema, no entanto você tem que estar sempre aprimorando a sua tomada de decisão para saber quando manter ou quando mudar algo. Minha dica é assistir seus replays para encontrar momentos onde o que você estava fazendo atrapalhou ou não. Assim você não muda, se aprimora.

        2º – Não, não é preciso ter duas Lanes. No entanto, pode ser bom ter alguma noção de outras lanes. Só que é aquilo, como lane secundária, para o caso de você não cair na sua lane desejada. Em geral pode acrescentar, mas você não deve se dedicar a aprender mais da outra lane do que da sua e nem tanto quanto. A outra você deve ser capaz de fazer o básico, para servir como experiência. Faça uma distribuição de 80% ~ 20%. Por exemplo, enquanto você aprender 8 campeões para o mid, aprenda 2 para a Jungle.

        Essencialmente, quando você aprende a essência do jogo, fica faltando a malícia com as roles que não são a sua, a champion pool é curta, mas o nível de jogo não cai tanto, então, desde que você tenha uma lane secundária e não mude muito o estilo de jogo e champion pool, esses 20% são mais que suficientes.

        3º – Não tem número ideal, tudo vai depender da sua segurança com o campeão e do quanto você sente que tá rendendo com ele, porque às vezes você até está bem, mas erra no detalhe. Para avaliar winrate, por uma questão de estatística, espera pelo menos umas 20 partidas. Mas, é claro, se o início for muito bom ou muito ruim, dá para ter uma ideia, então use o bom senso.

        4º – Se está dando certo, por que mudar? Não precisa ficar variando pick, pode manter a Anivia enquanto seu foco for SoloQ. É bom você encontrar os pontos em que não está conseguindo segurar com ela. Às vezes o inimigo vai vir com um assassino e te arrebentar, aí você vai precisar encontrar um pick que seja razoável para essa situação. Tudo depende.

        O ideal é não mudar demais, o quanto você conseguir extrair de um campeão, extraia. Quanto mais melhor.

        Bom, man, acho que é isso.

        Abraço!

  5. Cara, tô querendo treinar com Nidalee, parw jogar na jungle, vc acha viável treinar com ela para jogar na jungle ?

    1. Opa, brother, tranquilo?

      A Nida é um ótimo campeão para a Jungle, mas ela sofre de um problema bem chato que alguns outros campeões não compartilham. É difícil jogar com ela.

      Não aconselho jogar de Nida se você está começando na Jungle, simplesmente porque a curva de aprendizado dela é bem grande. É melhor começar com campeões mais simples e que estejam mais fortes no meta, como Xin Zhao e Shyvana.

      Depois que você já estiver bem acostumado com a Jungle, pode começar a jogar com ela, mas não se frustre se começar perdendo algumas. Ela é um campeão bem difícil de masterizar. Depois de umas 30 ~ 40 partidas é que ela começa a encaixar direitinho na mão dos jogadores.

      Acho que é isso, brother, faltou alguma coisa?

      Abraço!

Comments are closed.